As origens…o Universo…e a ciência.

31 01 2011

Parte 3 e 4





5 Minutos de Leitura:Aquelas grandes máquinas de raios X no céu

31 01 2011

5 Minutos de Leitura

31 de Janeiro, Segunda-feira

 

Aquelas grandes máquinas de raios X no céu

 

Os raios X não existem apenas nos hospitais. Também fazem parte da natureza. As estrelas, tal como o Sol, emitem raios X, bem como luz visível. Porém, a maior parte dos raios X são bloqueados pela atmosfera antes de chegarem à Terra. Assim como os cientistas fotografam as estrelas distantes e as galáxias com a luz visível, também tiram fotografias do universo usando a luz dos raios X. Enviando satélites de raios X bem acima da atmosfera terrestre, os cientistas reuniram diversas fotografias de raios X em filme. Estas fotografias revelaram objectos em lugares onde o espaço parecia escuro e vazio. Alguns destes objectos, dizem os cientistas, são, provavelmente, buracos negros (objectos com uma gravidade tão intensa que nem a luz consegue escapar deles). O gás e o pó são atraídos para os buracos negros e aquecem. Os objectos quentes libertam luz; quanto mais quente é um objecto, mais energia tem a luz por ele libertada. O gás e o pó sugados para um buraco negro atingem temperaturas tão elevadas que emitem um último suspiro de raios X antes de tombarem no buraco.

.Kathy Wollard, in “Sabes Porquê?”

 

Texto seleccionado pela Profª Manuela Parente





As origens…o Universo…e a ciência

30 01 2011

Este é  primeiro conjunto de vários vídeos da série brasileira “Poeira das Estrelas”,  que  será colocado no nosso blog e que tem como  objectivo servir de recurso ou complemento educativo para várias disciplinas.





5 Minutos de Leitura:Dia Mundial do Mágico

30 01 2011

5 Minutos de Leitura

Segunda-Feira, 31 de Janeiro de 2011

 

          Dia Mundial do Mágico

 A magia

 

Comemora-se hoje o Dia Mundial do Mágico.

A magia é uma arte destinada a entreter o público através de truques que surpreendem ao darem a sensação de que foi concretizado algo irreal.

Apesar de, ne início, os mágicos argumentarem que detinham poderes sobrenaturais, na actualidade assumem que protagonizam apenas números de ilusão.

É praticamente impossível datar o surgimento da magia, mas foi no século XVIII que este tipo de entretenimento se implantou, com os mágicos a ganharem um protagonismo que fez deles vedetas do mundo do espectáculo. O mais antigo registo de um número de ilusionismo de que há referência data de 2700 a. C., quando o mágico Dedi, do Antigo Egipto, fez um artimanha com copos e bolas. Posteriormente, há conhecimento de uso de magia na Roma Antiga, assim como na Idade Média, mas aqui muito associada ao oculto e à bruxaria, situação que se manteve até ao século XIX.

O francês Jean-Eugène Robert-Houdin é considerado o primeiro mágico da era moderna, tendo montado uma sala de espectáculos de magia em Paris, nos anos 40 do século XIX. No entanto, o mágico mais famoso do século XIX foi o norte-americano Harry Houdini. Harry introduziu uma série de números novos de magia, muitos deles relacionados com o escapismo, a arte em que se especializou. Entende-se por escapistas os truques em que os ilusionistas desaparecem de caixas fechadas, onde são colocados e amarrados.

Depois de um período de algum declínio, os espectáculos de magia regressaram em força no século XX, muito por obra do norte-americano Doug Henning. Este mágico concebeu espectáculos para grandes audiências, em palco e na televisão. Nomes como o norte-americano David Copperfield, a nível mundial, e Luís de Matos, em Portugal, fizeram da magia um espectáculo bastante popular.

Os tipos de magia mais conhecidos são a produção (quando, por exemplo, um mágico faz aparecer um coelho num chapéu), o desaparecimento (quando faz desaparecer algo ou alguém), transformação (quando transforma uma carta qualquer de um baralho na carta específica que deseja), restauro (reconstrói uma carta ou um jornal rasgado ou uma pessoa cortada ao meio), levitação (uma pessoa flutua no ar) e penetração (quando um sólido atravessa outro).

Uma das características da magia é a de os seus protagonistas não revelarem como fazem os truques. A maior parte das associações de mágicos obriga os seus membros a fazer um voto de confidencialidade.

 

In Infopédia. Porto: Porto Editora, 2003-2011.

 

Texto seleccionado pelo  grupo de área de projecto “Comemorações Anuais” 12ºA   





A Incrível Máquina Humana

27 01 2011

Parte 9 e 10

 

 





5 Minutos de Leitura:Pensar

27 01 2011

5 Minutos de Leitura

Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011

 

A 28 de Janeiro de 1916, nascia Vergílio Ferreira – Um Espírito Superior em Sensibilidade, em Cultura e em Arte.

 

“Quando estiveres cansado de olhar uma flor, uma criança, uma pedra, quando estiveres cansado ou distraído de ouvir um pássaro a explicar o ser, quando te não intrigar o existirem coisas e numa noite de céu limpo nenhuma estrela te dirigir a palavra, quando estiveres farto de saberes que existes e não souberes que existes, quando não  reparares que nunca reparaste no azul do mar, quando estiveres farto de querer saber o que nunca saberás, se nunca o amanhecer amanheceu em ti  ou já não, se nunca amaste a luz e só o que ela ilumina, se nunca nasceste por ti e não apenas pelos que te fizeram nascer, se nunca soubeste que existias mas apenas o que exististe com esse existir, quando, se­ – , porque temes então a morte, se já estás morto? “

 

Vergílio Ferreira, Pensar, 1992

Vergílio faria 95 anos de idade.

A nossa justa Homenagem. Hoje e Sempre.


Texto seleccionado pelo professor José Carlos Viana





Faz hoje 42 anos que …

26 01 2011

Os Beatles gravaram este “Let it Be” – tema do último álbum da banda, em 1969.